Para começarmos a falar sobre leads, vamos primeiro explicar o que são eles.

Leads são contatos de potenciais consumidores que deixaram seus dados em troca de “alguma recompensa” fornecida pela sua empresa, como um e-book, manual, entre outros.

Através desses dados é possível realizar um relacionamento com esse provável consumidor, inserindo-o no funil de vendas até que ele concretize a compra.

Falando sobre a geração de Leads

Através da captação de leads é possível utilizar ferramentas de análise de métricas e calcular o nível de engajamento do lead com sua empresa. Desta forma é possível saber em qual nível do Funil e Vendas seu cliente se encontra.

É importante ressaltar que existem classificações para cada tipo de lead. São elas:

Lead frio – é aquele possível futuro cliente que buscou alguma informação sobre seu produto ou serviço, mas ainda não possui interesse suficiente para passar para o próximo estágio de compra.

Lead em fase de nutrição – Legal, o lead já existe, então agora é preciso trabalhar estratégias de inbound marketing entregando a esse possível cliente o que ele necessita

Lead inativo – Sim, esses leads também necessitam ser trabalhados afinal, em algum momento, ele teve interesse em seu produto por isso, as relações com ele não devem ser descartadas.

Lead qualificado – é aquele que já conhece seu produto/ serviço, confia na sua empresa e está aguardando para receber mais propostas suas, tornando-se um cliente efetivo.

É válido ressaltar que se o lead receber um e-mail da sua empresa não oferecendo produto/ serviço, mas sim perguntando se você poderia ajudá-lo a resolver um problema, seria um processo menos intrusivo do que se você apenas ficasse oferecendo produtos sem nenhuma abordagem anterior.

Muita informação e pouco foco

Como dissemos em artigos passados, com o avanço da internet as informações acabam chegando muito mais abundantemente do que há alguns anos.

O maior problema desse excesso de informação é a falta de foco e atenção por parte das pessoas que as recebem.

Os consumidores estão sobrecarregados de tanta informação vinda de todos os lados que acabam ignorando aquilo que não querem ouvir.

Isso é facilmente verificado quando você procura por algum produto no seu celular. Segundos depois da pesquisa, alternativas e ofertas para aquele produto pesquisado começa a aparecer para você. E o que, normalmente você faz? Ignora!

Hoje o consumidor aprendeu a pesquisar e encontrar por conta própria o produto que precisa, por esse motivo, a maneira como o relacionamento entre empresa e consumidor deve ser mais estreita, mais “humana”.

Para que uma empresa gere seus leads com qualidade, é necessário entregar ao cliente o que ele quer e precisa, despertando assim seu interesse naquilo que lhe é apresentado.

É preciso investir em uma estratégia que desperte o interesse do cliente e o guie até o “final do funil”, isto é, até a compra do seu produto / serviço.

Componentes para geração de Leads

Para que um lead seja gerado, alguns componentes são essenciais para essa captação. São eles:

Landing pages – ou página de captura, onde o usuário chega apar uma finalidade distinta. Nela é possível captar informações do seu lead

Formulários – geralmente contidos nas landing pages, eles são os responsáveis pelas coletas de informação, antes que o usuário aperte o botão e ação (CTA)

Ofertas – é o conteúdo de valor oferecido, através da Landing page, ao possível cliente. Este pode ser um e-book, webinar, vídeo, etc

Call-to-action – ou CTA é um “botão”, que leva o usuário a tomar alguma decisão. No caso da geração de leads, esse botão serve para que o usuário receba a oferta mencionada.

Onde é possível “capturar leads”?

Existem diversos caminhos que podem ser seguidos a fim de capturar um lead. Como:

Websites – um site com conteúdo de qualidade possibilita a captação de leads através de assinatura de newslettes, preenchimento e formulários, downloads de materiais, etc. Aqui o objetivo é converter simples visitantes em compradores

Blog – Através do blog é possível criar uma relação de confiança e autoridade com seu público. Por isso é importante que ele esteja otimizado para ser encontrado facilmente nos canais de busca.

Mídias sociais – hoje, o artifício mais utilizado para atingir seu público são as postagens nas mídias sociais. Os compradores podem pesquisar por produtos, entender mais sobre eles e realizar compras, tudo através das mídias sociais.

Anúncios – com o Pay-PerClick (PPC), as empresas pagam por cliques em seus anúncios. Esse tipo de estratégia possibilita a geração de leads qualificados.

E-mail marketing – Ainda muito necessária, essa ferramenta é uma excelente forma de comunicação e ótima tática de geração de leads.

Essas são algumas maneiras de conquistar leads para sua empresa. Com certeza, uma delas é a que se encaixará em seu modelo de negócio.

Aguarde, pois no próximo artigo falaremos sobre as redes sociais. Até lá!