O mercado está passando por uma situação nunca vista antes. Grandes empresas estão em imensas crises financeiras, pequenas empresas estão fechando suas portas.

Alguns conseguiram contornar a situação trabalhando como home office, porém, empresas que necessitam de clientes diários, como lojas, restaurantes, comércios em geral tiveram que reinventar sua maneira de vender adotando o delivery ou o e-commerce.

Alguns podem achar que o e-commerce é uma tarefa simples, basta contratar um site e colocar os produtos lá. Bem, podemos dizer que não é bem assim que as coisas funcionam.

O e-commerce no Brasil

De acordo com uma pesquisa feita pelo Movimento da Inteligência de Mercado Compre & Confie, nos dias 28 de maio e 12 de junho foram realizadas 15,8 milhões de compra pela internet.

Podemos notar que, mesmo com a pandemia, as compras online acabaram virando mania entre os brasileiros. Já que a ida até as lojas não era possível, essa é uma excelente maneira de trazer a loja até a sua casa.

Porém, assim como em um atendimento presencial, a experiência do e-commerce deve ser tanto positiva para o vendedor como para o comprador e, para isso, é necessário um planejamento e atenção aos processos de compra e venda, pois aqui, qualquer erro pode ocasionar na perda de fidelidade de seu cliente.

Aqui listamos os 5 erros que podem atrapalhar seu e-commerce

#1 – Erro de cadastro – Como vimos, as vendas pela internet tiveram um aumento significativo nos últimos meses, principalmente devido a pandemia. Agora imagine você ficar horas escolhendo seus produtos e colocando em seu carrinho de compras e, no momento da finalização, ocorre um erro no sistema no cadastro do usuário, dos produtos ou não permite efetivação do pagamento. Esse é um erro grave que NUNCA poderá acontecer!

#2 – Estoque em falta – Todos já passamos por isso, no momento de efetuar a compra, tudo está indo bem com seu cadastro, a forma de pagamento, entrega, mas quando você finaliza o pedido aparece aquela horrível mensagem “ITEM FORA DE ESTOQUE”. Nessa hora, toda a frustração vem à tona e, de uma coisa você pode ter certeza, as pessoas pensarão duas vezes antes de solicitar novamente qualquer item da sua loja.

#3 – Restrição na entrega – Esse é outro problema que leva o cliente a não consumir mais produtos de sua loja, a restrição na entrega. Assim como no item acima, no momento da finalização do pedido, um alerta é colocado na tela informando que a empresa não atende aquela determinada região. Caso sua empresa tenha esse tipo de restrição, existem ferramentas específicas que programam o seu site e avisam o consumidor que sua localização não faz parte da rota de entrega. Desta maneira, é possível evitar o desgaste do cliente.

#4 – Apresentação do produto – A apresentação do produto é de suma importância na entrega. A embalagem deve ser resistente para não ser danificada no transporte, chegando intacta no cliente.

#5 – Transmita informações claras sobre seu produto – Um e-commerce deve ser transparente e deixar todas as informações bem claras a cliente. Tamanho, largura, profundidade, como montar (caso se aplique) e, principalmente, o prazo de entrega de seus produtos.

Em suma, é importante saber que, para gerir um e-commerce você nunca deve enganar o cliente, deve passar as informações da maneira mais clara possível e sempre oferecer produtos que existam em seu estoque.

Lembre-se que um cliente quando é bem atendido não só volta a fazer compras com sua empresa como também é um marketing gratuito (boca-a-boca) para outros possíveis clientes.