Todos nós já precisamos de uma loja de materiais elétricos em algum momento de nossas vidas. Seja para comprar uma lâmpada de casa ou da empresa que queimou, uma resistência de chuveiro que pifou no inverno, tomadas antigas que precisam ser trocadas ou itens para uma reforma ou construção.

Esse é um ramo de negócio que sempre terá clientes, tanto que não foi muito afetado durante a pandemia da Covid-19.

Porém, os proprietários de lojas de materiais elétricos não podem só depender dessa demanda necessária, mas sim, investir em estratégias para aumentar cada vez mais suas vendas (saiba como transformar seu processo de vendas tradicional em um mais moderno, clicando aqui).

Pense no seu atendimento: como ele anda? Seus colaboradores são verdadeiros experts no que o cliente pode precisar?

No artigo de hoje apresentaremos algumas técnicas e dicas que os vendedores de lojas de materiais elétricos podem adotar para obter mais sucesso em suas vendas, conquistar mais clientes e aumentar os lucros.

Seja um Bom Vendedor

Para qualquer empresa, os vendedores são a sua porta de entrada para as vendas.

São eles que, com técnicas, simpatia e boa vontade, agradam os clientes e fecham novos negócios todos os dias. 

Sendo assim, é importante saber como ser um bom vendedor. 

A seguir, mostraremos uma sequência passo-a-passo de técnicas simples que irão auxiliar os vendedores de lojas de materiais elétricos a melhorar suas vendas.

1º Passo: Desperte a simpatia do cliente por você

Com certeza você já se deparou com um vendedor que fica te seguindo dentro de uma loja, mostrando que precisa vender de qualquer maneira ou ainda aqueles que te atendem com má vontade ou mal-humorados.

O ideal é que o vendedor seja simpático e aja naturalmente.

Procure sempre cumprimentar seus clientes (“bom dia”, “olá”, “aceita um café ou uma água?”) e memorizar o nome deles, se portando com educação e simpatia. 

Assim, você estará criando um ambiente tranquilo, deixando o cliente à vontade para suas compras ou tirar suas dúvidas.

2º Passo: Descubra quais são as dores de seus clientes

As dores são as reais necessidades e problemas do cliente, ou seja, não é o que ele quer, mas o que ele precisa.

E se o vendedor entender a dor do seu cliente, ele conseguirá, de fato, definir a linguagem que converse com os seus interesses.

É importante capturar as principais dúvidas no momento de compra, os anseios e expectativas do consumidor e as razões que o levam à desistência da compra.

Desenvolver empatia também é muito importante nesse processo, a fim de compreender o outro em suas necessidades, sem julgamento e com verdadeira intenção de oferecer ajuda no que a pessoa precisa.

Se o vendedor conseguir descobrir o que seu cliente realmente precisa, conquistará boas vendas e ainda terá a possibilidade de fidelizar esse consumidor.

3º Passo: Negocie com o cliente mas pensando sempre no melhor para ele 

No meio do processo de venda podem surgir algumas questões como, por exemplo, o seu cliente achar que o produto oferecido é caro demais para ele. Portanto, é chagada a etapa da negociação.

Aqui, o vendedor deve ter um conhecimento técnico profundo dos produtos de sua loja, bem como suas aplicações, para que ele possa, durante a negociação, mostrar opções que solucionem as dores de seu cliente.

Nesse caso, oferecer opções mais baratas e com qualidade similar é uma boa estratégia.

4º Passo: Finalize o atendimento com entusiasmo

Independente de ter ou não realizado a venda, o vendedor deve finalizar o seu atendimento com entusiasmo e simpatia, fazendo com que o cliente sinta que o mesmo teve prazer em prestar aquele serviço a ele.

Mudar a postura, o tom de voz e transparecer mais alegria são algumas dicas que o vendedor pode aplicar, não somente ao final do atendimento, mas durante todo o processo de venda.

É uma atitude simples, porém importante, pois desperta a vontade do cliente em voltar à loja e comprar com aquele determinado vendedor.

5º Passo: Faça uma auto-avaliação

É importante que um vendedor, de tempos em tempos, faça uma auto-avaliação a fim de identificar falhas e melhorias em seu atendimento e serviço prestados. Para isso, alguns aspectos devem ser analisados no processo de venda. 

Algumas questões a serem avaliadas são: a satisfação que o cliente sentiu com seu atendimento; a satisfação que você teve em atender o cliente; os pontos fracos e fortes que você percebeu no seu atendimento; o que deu errado para fechar a venda e o que você pode fazer para melhorar suas técnicas de venda.

Percebendo os pontos que o vendedor precisa melhorar, fica mais fácil agir a fim de aprimorar seu trabalho, procurando cursos específicos na área de elétrica, por exemplo.

Seguindo todos esses passos, você vai se tornar um melhor vendedor dia após dia, auxiliando seus clientes na escolha dos produtos corretos para suas reais necessidades e ainda conquistar e fidelizar eles.