Devido a pandemia, mais de 600 mil micro e pequenas empresas foram obrigadas a fechar as portas nos primeiros meses de 2020 – dados divulgados pelo Sebrae.

Aquelas que conseguiram “sobreviver” tiveram que se adaptar e, muitas delas migraram para o sistema virtual. De acordo com a ABComm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, mais de 100 mil lojas online foram criadas no período da quarentena.

Isto quer dizer que, mesmo a pandemia impossibilitando algumas empresas de continuarem com seu trabalho e as obrigando a fecharem suas portas, ainda assim, criou novas oportunidades.

Um aumento no e-commerce e o cuidado com o cliente            

Com a pandemia rondando e lojas fechadas, houve um aumento significativo no e-commerce e no delivery. Mas mesmo com todo esse aumento, há uma grande preocupação com relação à logística e entrega dos produtos.

Quando pensamos em logística, também lembramos das transportadoras e todas as adaptações que tiveram que ser feitas para que pudessem trabalhar com o “novo normal”.

Para que o trabalho seja efetuado de maneira correta, ter reconhecimento na entrega e ser apreciado pelo consumidor, empresas de todos os segmentos, assim como distribuidoras e revendas de materiais elétricos, que atuam com grande variedade de produtos estão se aperfeiçoando e se adequando ao e-commerce e à contratação de transporte terceirizado.

Apesar da pandemia, houve contratação de pessoas em diversos setores para que a demanda de compras e entregas fosse suprida. E como você, lojista, fica em meio a toda essa transformação? É importante saber que este cenário de mudanças e transformações pode ser facilitado com o uso da tecnologia.

A contratação de um sistema de logística que facilite a separação de seus produtos e administre seu estoque é um investimento que vale a pena a longo prazo. Assim como a contratação de empresas terceirizadas de transporte para efetuar a entrega de seus produtos de maneira mais rápida.

Às vezes, uma transformação é necessária para o crescimento da empresa. Pense nisso.