Inovação, empreendedorismo, o futuro das novas economias e o impacto no setor de revenda de materiais elétricos, foram os principais assuntos que permearam o Seminário organizado pela Abreme, através do Comitê Jurídico e Econômico, no último dia 15 de agosto de 2019.

O Cubo Itaú foi palco deste evento que contou com a presença de 90 executivos da área de revenda e distribuição de materiais elétricos, fabricantes e entidades do setor.

Localizado na Vila Olímpia, na cidade de São Paulo, o Cubo Itaú conta com 14 andares e uma área total e 250 mil m2, e tem como objetivo proporcionar as empresas startups oportunidade de desenvolvimento.

Vamos alinhar os pontos de vista?

Para dar início ao evento, o Diretor Executivo da Abreme, Bruno Maranhão, convidou todos os presentes para estarem abertos a alinharem os pontos de vista referente aos assuntos que seriam discutidos, dentre eles, a inovação, onde enfatizou ser um item de suma importância para o crescimento do setor de materiais elétricos, e precisa estar na pauta do dia a dia.

Principais Teses Jurídicas para 2020. Como isto pode afetar o setor de materiais elétricos?

Muito se tem falado sobre a reforma da previdência social e a reforma tributária, mas, é preciso entender quais são os impactos que estas reformas trarão para o setor de revenda e distribuição de materiais elétricos. Para entender melhor destes e de outros assuntos que envolvem o setor, os convidados assistiram a uma apresentação, muito bem estruturada e fundamentada, realizada pelo Dr. Halim Abud, advogado e membro do Comitê Jurídico-Tributário da Abreme.

Outro aspecto relevante, foi o apontamento das principais Teses Jurídicas que estão na pauta do Supremo e do STJ (Superior Tribunal de Justiça) para discussão em 2020.

Cenário Econômico 2020: é necessário entender para crescer.

A palestra de Allyson Gois, economista do SPC Brasil e empresa parceira da Abreme, começou entretendo o público presente. Voltando um pouco no tempo, o economista provocou os participantes apresentando índices econômicos reais de um Brasil onde, em 1993 tinha uma inflação anual de 2.417%, e no ano de 2018 atingiu o patamar de 3,7%. Além da provocação inicial, Allyson também mostrou que apesar do sobe e desce que a economia do nosso país viveu nos últimos anos, o índice de confiança tem crescido exponencialmente.

Para encerrar, Allyson Gois expôs uma frase da Jurista Ives Granda Martins, que levou a todos para uma reflexão: ” Não tenho receio de que nossa democracia não vá ser mantida; vai ser mantida, e de forma muito maior com o controle dos eleitos pela sociedade.”

Novas Economias e  Novas Tendências para 2020: como isto impacta o setor de revenda e distribuição de materiais elétricos?

Provocando o público presente e mostrando que a inovação está presente em nosso dia a dia e bem mais perto do que imaginamos, Bruno Maranhão, diretor executivo da Abreme, utilizou uma ferramenta simples e ágil, o sli.do, onde os participantes responderam uma breve pesquisa on-line , e no mesmo instante todos puderam visualizar, em tempo real, os resultados.

Após isto, ele continuou, dizendo: se hoje o capitalismo é mais leve, lembre-se que ele já foi bem pesado. Se antes os ativos fixos era os principais bens de uma empresa, prepare-se, porque agora os ativos são intangíveis.”

Hoje a conectividade reduz custos, gera dados a toque de caixa, o comportamento do consumidor exige rapidez com qualidade e minimalismo. “Não adianta mudar aos poucos, é preciso ruptar!” completou Bruno.

Time de peso, formado pelas principais entidades do setor, comentaram sobre os assuntos discutidos.

Com a participação da ABILUX – Associação Brasileira de Iluminação, ABINEE – Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, ABILUMI – Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Produtos de Iluminação , Abracopel – Associação Bras. para os Perigos com Eletricidade, bem como dos palestrantes, a roda de debates ao final do evento enriqueceu e contribui para fortalecer ainda mais a sinergia existente entre fabricante, revendas e distribuidores de materiais elétricos.

Para encerrar a manhã de discussões e debates sobre o impacto das novas economias e as tendências para 2020, a Startup Olist realizou um Pitch onde trouxe ideias de como melhorar o processo de vendas através da internet.